Arquivo para movie actress

Joanne Woodward

Posted in atrizes de Hollywood with tags , , , , , , , , , , , , , on 28/06/2014 by ilustratordesign

Joanne Woodward lilás modified
Joanne Gignilliat Trimmier Woodward (Thomasville, 27 de fevereiro de 1930) é uma atriz americana. Joanne  começou no teatro e foi estudando e trabalhando no Actor’s Studio que ela conheceu um jovem ator que despontava com muito sucesso. Ele era Paul Newman e o ano era 1953. A jovem atriz foi primeiro para a televisão onde participou de várias séries a partir de 1952 até estrear no cinema em 1955 em Count Three and Pray. Ela e Paul Newman voltariam a se encontrar em 1957 nas filmagens de The Long, Hot Summer do diretor Martin Ritt. Começava aí o relacionamento e o casamento mais duradouro de Hollywood. Quando se apaixonou por Newman a atriz tinha acabado de ser consagrada internacionalmente ao ganhar o Oscar de melhor atriz por sua interpretação em As Três Máscaras de Eva, onde vivia uma dona-de-casa esquizofrênica com três personalidades diferentes. Mãe da também atriz Melissa Newman, ela já ganhou os mais importantes prêmios do cinema e da televisão, tais como o Oscar, o Globo de Ouro, o BAFTA, o Emmy, o SAG e o prêmio de interpretação feminina de Cannes (1973, por The Effect of Gamma Rays on Man-in-the-Moon. Indicada quatro vezes para o Oscar de melhor atriz, venceu em 1957.

Veronica Lake

Posted in atrizes de Hollywood with tags , , , , , , , , , on 05/06/2014 by ilustratordesign

veronica lake yellow modified
Veronica Lake, nome artístico de Constance Frances Marie Ockelman (Brooklyn, Nova Iorque, 14 de Novembro de 1922 – 7 de julho, 1973) foi uma atriz americana famosa por seus papéis de mulher fatal em filmes noir com Alan Ladd durante os anos 40. Mudou-se para Hollywood com a mãe e o padrasto em 1938 e conseguiu seu primeiro papel no cinema no ano seguinte, usando o nome Constance Keane. Em 1941 passou a se chamar Veronica Lake e assinou contrato com a Paramount. Medindo pouco mais de 1m50, formou par romântico com o também baixinho Alan Ladd nos policiais Alma Torturada (1942), Capitulou Sorrindo (1942) e A Dália Azul (1946). Encarnou uma bruxa na comédia romântica Casei-me com uma Feiticeira (1942), dirigida por René Clair. Fez diversos filmes de baixa qualidade e teve sua carreira praticamente encerrada em 1949. Voltou às telas em 1966, num filme de suspense. Sua última aparição no cinema aconteceu no filme de horror Flesh Feast (1970), no qual vive uma cientista e assina como produtora executiva. A atriz serviu de inspiração para o personagem de desenho animado Jessica Rabbit do filme “Uma Cilada para Roger Rabbit” (Who Framed Roger Rabbit).

Ann Harding

Posted in atrizes de Hollywood with tags , , , , , , , , on 05/06/2014 by ilustratordesign

ANN HARDING painted modified
Ann Harding (Fort Sam Houston, 7 de agosto de 1901 — Sherman Oaks, 1 de setembro de 1981) foi uma atriz americana, com carreira no cinema, teatro, rádio e televisão. Ann era filha de militar e por isso vivia mudando de cidade, até que se estabeleceu em Nova York. Depois de se formar no colégio, arranjou um emprego como leitora de roteiros. Fez sua estreia na Broadway em 1921. Em 1929, estreou no cinema e em 1931 foi indicada ao Oscar por Holiday. Era considerada uma das mais belas atrizes da época, devido a sua cintura fina e seus longos cabelos loiros. Harding foi casada com o ator Harry Bannister e com Werner Janssen. Divorciou-se de ambos e teve uma filha com cada um deles. Aposentou-se em 1962 e morreu em 1981, aos oitenta anos de idade.