Arquivo para french actress

Brigitte Bardot

Posted in Ator Europeu, Atrizes Europeias Não de Hollywood with tags , , , , , , , , on 22/02/2014 by ilustratordesign

brigitte-bardot-1954 lilas
Brigitte Anne-Marie Bardot, Paris, 28 de Setembro de 1934, é uma atriz e cantora francesa. Conhecida mundialmente por suas iniciais, BB, é considerada o grande símbolo sexual dos anos 1960. Tornou-se ativista dos direitos animais, após se retirar do mundo do entretenimento e se afastar da vida pública.
Em 1962, filmou com Louis Malle e Marcello Mastroianni Vida Privada, um filme quase autobiográfico sobre uma celebridade do cinema sem vida pessoal, graças a perseguição constante da imprensa. Pouco depois deste filme, BB retirou-se da vida agitada das metrópoles europeias para uma vida de semi-reclusão, mudando-se para uma mansão  em Saint Tropez, no sudoeste da França. Em 1963 estrelou o aclamado filme de Jean-Luc Godard, O Desprezo, e pelo resto da década, seu mito de ícone sexual foi alimentado por filmes como Histórias Extraordinárias, com Alain Delon, Viva Maria, com Jeanne Moreau e As Noviças, com Annie Girardot, entre outros, além de vários musicais de televisão e gravações de discos produzidos por Serge Gainsbourg. Em 1973, pouco antes de completar quarenta anos, Brigitte anunciou que estava encerrando sua carreira. Após mais de cinquenta filmes e de gravar dezenas de discos, ela recolheu-se a La Madrague definitivamente, escolheu usar a fama pessoal para defender os direitos animais e tornou-se vegetariana.

Anúncios

Brigitte Bardot

Posted in Atrizes Europeias Não de Hollywood with tags , , , , , , , , , on 12/01/2014 by ilustratordesign

Brigitte Bardot
Brigitte Anne-Marie Bardot, Paris, 28 de Setembro de 1934, é uma atriz e cantora francesa. Conhecida mundialmente por suas iniciais, BB, é considerada o grande símbolo sexual dos anos 1960. Tornou-se ativista dos direitos animais, após se retirar do mundo do entretenimento e se afastar da vida pública.
Em 1962, filmou com Louis Malle e Marcello Mastroianni Vida Privada, um filme quase autobiográfico sobre uma celebridade do cinema sem vida pessoal, graças a perseguição constante da imprensa. Pouco depois deste filme, BB retirou-se da vida agitada das metrópoles europeias para uma vida de semi-reclusão, mudando-se para uma mansão  em Saint Tropez, no sudoeste da França. Em 1963 estrelou o aclamado filme de Jean-Luc Godard, O Desprezo, e pelo resto da década, seu mito de ícone sexual foi alimentado por filmes como Histórias Extraordinárias, com Alain Delon, Viva Maria, com Jeanne Moreau e As Noviças, com Annie Girardot, entre outros, além de vários musicais de televisão e gravações de discos produzidos por Serge Gainsbourg. Em 1973, pouco antes de completar quarenta anos, Brigitte anunciou que estava encerrando sua carreira. Após mais de cinquenta filmes e de gravar dezenas de discos, ela recolheu-se a La Madrague definitivamente, escolheu usar a fama pessoal para defender os direitos animais e tornou-se vegetariana.

Catherine Deneuve

Posted in Ator Europeu with tags , , , , , , , on 09/01/2014 by ilustratordesign

Catherine DeneuveCatherine Deneuve, nome artístico de Catherine Fabienne Dorléac, (Paris, 22 de outubro de 1943) é uma atriz francesa, considerada um modelo de elegância e beleza gálica e uma das mais respeitadas atrizes do cinema francês e mundial. Deneuve foi descoberta pelo cineasta Jacques Demy no início da década de 1960, com quem filmou o musical “Os Guarda-Chuvas do Amor” (1964), e adquiriu fama a partir do suspense “Repulsa ao Sexo” (65), de Roman Polanski, e “A Bela da Tarde” (67), de Luis Buñuel, dois filmes intensos, em que interpretava personagens com forte sexualidade. Participou de dezenas de produções, entre elas “A Sereia do Mississipi”, “Tristana”, “O Último Metrô”, “Fome de Viver”, e conseguiu uma indicação ao Oscar de melhor atriz por “Indochina”, de 1992. Na vida pessoal, foi casada três vezes: com o diretor Roger Vadim, o fotógrafo David Bailey e o astro italiano Marcello Mastroianni. Não é pouca coisa.

Michèle Mercier

Posted in atrizes de Hollywood, Atrizes Europeias Não de Hollywood with tags , , , , , , , , , , on 27/12/2012 by ilustratordesign

Michele Mercier
Michèle Mercier, (nascida em 01 de janeiro de 1939 como Jocelyne Yvonne Renée Mercier) é uma atriz francesa.  No curso de sua carreira, trabalhou com diretores importantes como François Truffaut, Jean-Pierre Melville, Jacques Deray, Dino Risi, Mario Monicelli, Mario Bava, Peter Collinson e Ken Annakin. Seus principais parceiros têm incluído Marcello Mastroianni, Vittorio Gassman, Jean-Paul Belmondo, Jean Gabin, Charles Aznavour, Robert Hossein, Charles Bronson, Tony Curtis e Charlton Heston. Embora tenha aparecido em mais de 50 filmes, é por seu papel como “Angélique” que ela é mais conhecida no mundo.

Eva Green

Posted in atrizes de Hollywood, Atrizes Europeias Não de Hollywood, Top Model with tags , , , , , , , , on 17/12/2012 by ilustratordesign

Eva Green
Eva Gaëlle Green (Paris, 5 de Julho de 1980) é uma atriz francesa. Ficou mundialmente conhecida após interpretar a bond girl Vesper Lynd no filme 007 – Casino Royale, em 2006. Depois de filmar Cruzadas em Hollywood com o diretor Ridley Scott, ela alcançou o estrelato internacional como a bond girl Vesper Lynd, em Casino Royale, com o ator Daniel Craig. Em 2007 atuou novamente com Craig no filme A Bússola de Ouro, baseado no livro homônimo de Philip Pullman, no papel da bruxa Serafina Pekkala. Green também é bastante requisitada pelo mercado publicitário de moda e beleza, tendo feito campanhas para Armani, Christian Dior e Lancôme, mesmo depois de ter se tornado uma estrela internacional do cinema.

Catherine Deneuve

Posted in Atrizes Europeias Não de Hollywood with tags , , , , , on 01/10/2012 by ilustratordesign


Catherine Deneuve, nome artístico de Catherine Fabienne Dorléac, (Paris, 22 de outubro de 1943) é uma atriz francesa, considerada um modelo de elegância e beleza gálica e uma das mais respeitadas atrizes do cinema francês e mundial. Deneuve foi descoberta pelo cineasta Jacques Demy no início da década de 1960, com quem filmou o musical “Os Guarda-Chuvas do Amor” (1964), e adquiriu fama a partir do suspense “Repulsa ao Sexo” (65), de Roman Polanski, e “A Bela da Tarde” (67), de Luis Buñuel, dois filmes intensos, em que interpretava personagens com forte sexualidade. Participou de dezenas de produções, entre elas “A Sereia do Mississipi”, “Tristana”, “O Último Metrô”, “Fome de Viver”, e conseguiu uma indicação ao Oscar de melhor atriz por “Indochina”, de 1992. Na vida pessoal, foi casada três vezes: com o diretor Roger Vadim, o fotógrafo David Bailey e o astro italiano Marcello Mastroianni. Não é pouca coisa.

Michele Mercier

Posted in Atrizes Europeias Não de Hollywood with tags , , , , , on 14/09/2012 by ilustratordesign


Nascida Jocelyne Yvonne Renée Mercier,  em Nice, na França, no dia 01 de Janeiro de 1939, Michéle Mercier é uma atriz francesa.
Trabalhou com grandes diretores, tais como François Truffaut, Jean-Pierre Melville, Jacques Deray, Dino Risi, Mario Monicelli, Mario Bava, Peter Collinson e Ken Annakin. Atuou em, pelo menos, cinco dezenas de filmes, porém, tornou-se famosa por seu papel como Angelique.