Arquivo de atriz vintage

Joanne Woodward

Posted in atrizes de Hollywood with tags , , , , , , , , , , , , , on 28/06/2014 by ilustratordesign

Joanne Woodward lilás modified
Joanne Gignilliat Trimmier Woodward (Thomasville, 27 de fevereiro de 1930) é uma atriz americana. Joanne  começou no teatro e foi estudando e trabalhando no Actor’s Studio que ela conheceu um jovem ator que despontava com muito sucesso. Ele era Paul Newman e o ano era 1953. A jovem atriz foi primeiro para a televisão onde participou de várias séries a partir de 1952 até estrear no cinema em 1955 em Count Three and Pray. Ela e Paul Newman voltariam a se encontrar em 1957 nas filmagens de The Long, Hot Summer do diretor Martin Ritt. Começava aí o relacionamento e o casamento mais duradouro de Hollywood. Quando se apaixonou por Newman a atriz tinha acabado de ser consagrada internacionalmente ao ganhar o Oscar de melhor atriz por sua interpretação em As Três Máscaras de Eva, onde vivia uma dona-de-casa esquizofrênica com três personalidades diferentes. Mãe da também atriz Melissa Newman, ela já ganhou os mais importantes prêmios do cinema e da televisão, tais como o Oscar, o Globo de Ouro, o BAFTA, o Emmy, o SAG e o prêmio de interpretação feminina de Cannes (1973, por The Effect of Gamma Rays on Man-in-the-Moon. Indicada quatro vezes para o Oscar de melhor atriz, venceu em 1957.

Martha Hyer

Posted in atrizes de Hollywood with tags , , , , , on 21/05/2014 by ilustratordesign

Martha Hyer  nice
Martha Hyer  é uma atriz americana, nascida em 10 de Agosto de 1924,  em Fort Worth, Texas.  Estrelou muitos filmes, tais como: The Locket (1946), So Big (1953), Sabrina (1954), The Delicate Delinquent (1956), Houseboat (1958),  e The Sons of Katie Elder (1965). Seu papel mais importante veio como par de Frank Sinatra em Some Came Running,  de 1958, pelo qual ela recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante.

Jean Peters 1947

Posted in atrizes de Hollywood, Outras Atrizes Americanas de TV with tags , , , , , , , , , , , on 19/04/2014 by ilustratordesign

Jean Peters 1947
Filha de um gerente de lavanderia, Jean estudava letras na Ohio State University, quando seus colegas enviaram inscrição e fotos suas para o concurso de Miss Ohio de 1946. Jean acabou superando todas as outras onze candidatas e, como maior prêmio, ganhou uma série de testes em Hollywood. Acabou contratada pela 20th Century-Fox, que a escalou para contracenar com Tyrone Power no sucesso O Capitão de Castela (Captain from Castile, 1947). A seguir, brilhou em Clube das Moças (Take Care of My Little Girl, 1951), de Jean Negulesco, Viva Zapata (Viva Zapata!, 1952), de Elia Kazan, ao lado de Marlon Brando e Anthony Quinn, Torrentes de Paixões (Niagara, 1953), de Henry Hathaway, onde contracenou com Joseph Cotten e sua grande amiga Marilyn Monroe e nos faroestes O Último Bravo (Apache, 1954), de Robert Aldrich, com Burt Lancaster e A Lança Partida (Broken Lance, 1954), de Edward Dmytryk, estrelado por Spencer Tracy. Jean afastou-se do cinema após casar-se com o milionário texano Stuart W. Cramer III, a quem conheceu enquanto filmava A Fonte dos Desejos (Three Coins in the Fountain, 1954) em Roma. Em 1957, já divorciada, uniu-se ao produtor Howard Hughes, dele também se divorciando em 1971. Nesse mesmo ano, casou-se novamente, agora com o executivo da Fox Stanley Hough, que viria a falecer em 1990. Jean reencontrou-se com as câmeras em 1973, no telefilme Winesburg, Ohio, baseado no livro de contos de Sherwood Anderson. Encerrou a carreira em um episódio da série Murder, She Wrote em 1988.

Debra Paget

Posted in atrizes de Hollywood with tags , , , , , , , , on 29/03/2014 by ilustratordesign

Debra Paget and Elvis modified
Debralee Griffin ou melhor, Debra Paget, nasceu em 19 de agosto de 1933. Foi uma atriz de rara beleza e relativo sucesso em Hollywood, principalmente nos anos 50 e 60, trabalhando em filmes clássicos como “Os dez mandamentos”, “Demétrio e os gladiadores” e “Love me Tender”, primeiro filme de Elvis Presley. Abandonou o cinema em 1964 após se casar com Louis C. Kung, um chinês, sobrinho de madame Chiang Kai-Shek, bem sucedido no setor petroleiro

Joan Fontaine

Posted in Ator Americano, Ator Europeu with tags , , , , , , , on 10/02/2014 by ilustratordesign

a Joan Fontaine, 1930s color modified
Joan Fontaine, nome artístico de Joan de Beauvoir de Havilland (Tóquio, 22 de outubro de 1917 — Carmel-by-the-Sea, 15 de dezembro de 2013), foi uma premiada atriz anglo-americana nascida no Japão. É a única atriz que conseguiu levar um Oscar (o de melhor atriz principal) pela performance num filme do diretor Alfred Hitchcock, o chamado mestre do suspense, que a dirigiu em Rebecca, a mulher inesquecível (no original, “Rebecca”, de 1940) e Suspeita (“Suspicion”, 1941), tendo sido este último o que lhe rendeu o prêmio. Filha caçula da também atriz Lillian Fontaine, ela é a irmã mais nova da bicampeã de prêmios Oscar e Globo de Ouro Olivia de Havilland. Aos 15 anos, ela voltou ao Japão onde viveu com seu pai durante dois anos. Quando voltou aos Estado Unidos, seguiu os passos de sua irmã e começou a aparecer em filmes.

Ornella Muti

Posted in atrizes de Hollywood, Atrizes Europeias Não de Hollywood with tags , , , , , , , , , on 07/02/2014 by ilustratordesign

Ornella Muti
Ornella Muti, nome artístico de Francesca Romana Rivelli, (Roma, 9 de março de 1955) é uma atriz italiana. Ornella, modelo infantil, estreou no cinema em 1970, ainda com quatorze anos, no filme La Moglie Più Bella , de Damianio Damiani. Nos anos 70 e 80 trabalhou com alguns dos maiores cineastas da Europa, como Volker Schlöndorff e Marco Ferreri, além de atuações em filmes norte-americanos. Seus filmes mais conhecidos são Um Amor de Swann , com Jeremy Irons e Crônica de uma Morte Anunciada, baseado no livro de Gabriel Garcia Marquez, de Francesco Rosi, os dois nos anos 80. Em 1994 foi eleita “A Mulher Mais Bonita do Mundo” por pesquisa internacional entre os leitores da revista Class.

Debra Paget

Posted in atrizes de Hollywood with tags , , , , , , , , on 15/01/2014 by ilustratordesign

Debra Paget
Debralee Griffin ou melhor, Debra Paget, nasceu em 19 de agosto de 1933. Foi uma atriz de rara beleza e relativo sucesso em Hollywood, principalmente nos anos 50 e 60, trabalhando em filmes clássicos como “Os dez mandamentos”, “Demétrio e os gladiadores” e “Love me Tender”, primeiro filme de Elvis Presley. Abandonou o cinema em 1964 após se casar com Louis C. Kung, um chinês, sobrinho de madame Chiang Kai-Shek, bem sucedido no setor petroleiro.