Jean Peters 1947

Jean Peters 1947
Filha de um gerente de lavanderia, Jean estudava letras na Ohio State University, quando seus colegas enviaram inscrição e fotos suas para o concurso de Miss Ohio de 1946. Jean acabou superando todas as outras onze candidatas e, como maior prêmio, ganhou uma série de testes em Hollywood. Acabou contratada pela 20th Century-Fox, que a escalou para contracenar com Tyrone Power no sucesso O Capitão de Castela (Captain from Castile, 1947). A seguir, brilhou em Clube das Moças (Take Care of My Little Girl, 1951), de Jean Negulesco, Viva Zapata (Viva Zapata!, 1952), de Elia Kazan, ao lado de Marlon Brando e Anthony Quinn, Torrentes de Paixões (Niagara, 1953), de Henry Hathaway, onde contracenou com Joseph Cotten e sua grande amiga Marilyn Monroe e nos faroestes O Último Bravo (Apache, 1954), de Robert Aldrich, com Burt Lancaster e A Lança Partida (Broken Lance, 1954), de Edward Dmytryk, estrelado por Spencer Tracy. Jean afastou-se do cinema após casar-se com o milionário texano Stuart W. Cramer III, a quem conheceu enquanto filmava A Fonte dos Desejos (Three Coins in the Fountain, 1954) em Roma. Em 1957, já divorciada, uniu-se ao produtor Howard Hughes, dele também se divorciando em 1971. Nesse mesmo ano, casou-se novamente, agora com o executivo da Fox Stanley Hough, que viria a falecer em 1990. Jean reencontrou-se com as câmeras em 1973, no telefilme Winesburg, Ohio, baseado no livro de contos de Sherwood Anderson. Encerrou a carreira em um episódio da série Murder, She Wrote em 1988.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: