Maria Padilha

 maria padilha
Maria Padilha Gonçalves, conhecida por Maria Padilha (Rio de Janeiro, 8 de maio de 1960), é uma atriz brasileira. Ao longo de sua carreira, vem alternando seu trabalho nos palcos, inclusive como produtora teatral, com trabalhos no cinema e na televisão. Fez diversos cursos, como o Tablado, de Maria Clara Machado onde atuou em espetáculos infantis. Começou a carreira de atriz em 1975, com a peça Maroquinhas fru-fru, no Teatro Opinião. Quatro anos depois, juntou-se a um grupo de jovens amigos, entre eles Paulo Reis, Miguel Falabella, Daniel Dantas, Rosane Goffman, Fabio Junqueira, Zezé Polessa e produziram O Despertar da Primavera (1979). A montagem deu origem ao grupo Pessoal do Despertar, do qual participou ativamente atuando e produzindo em todos os espetáculos, como: Happy End (1980), pelo qual Maria foi indicada ao Prêmio Mambembe de melhor atriz; A Tempestade (1982); e O Círculo de Giz Caucasiano (1983), último espetáculo do Pessoal do Despertar. Sob a direção de Aderbal Freire Filho, integrou o elenco de As You Like It ou Uma Peça Como Você Gosta, 1985. Em 1986, atuou em Amor por Anexins, e destacou-se no espetáculo A Bandeira dos Cinco Mil Réis. Em 1987, produziu e atuou em Lúcia McCartney. Em 1989, realizou Lulu. Seguiram-se La Ronde (1991), No coração do Brasil (1992) e A Falecida (1994). Em 1996, atuou em O Mercador de Veneza. Em 1999, interpretou a Macha de As Três Irmãs. No mesmo ano, assumiu a direção artística do Teatro Glória. Em 2001, esteve em Mão na Luva. Em 2006, fez  Antônio e Cleópatra. Maria Padilha estreou no cinema em 1982, em Das tripas coração. Em 1986, atuou em Vento Sul. Na década de 90, esteve no elenco de Boca de ouro (1990), Sábado (1994),  Os matadores (1997), primeiro longa-metragem de Beto Brant, ganhador do prêmio da crítica em Gramado, e Zoando na TV (1999). Em 2008, fez  Fim da linha e  Saens Peña – estação final (2009).  Em 2007, fez uma participação especial na novela Paraíso Tropical, e participou também de um episódio do seriado Toma Lá Dá Cá. No mesmo ano, no teatro, a atriz esteve em Cordélia do Brasil. Em 2009, a atriz participou da minissérie Cinquentinha. Fez inúmeros trabalhos no teatro, cinema e televisão e foi capa da revista Playboy em março de 1994. Na TV destacou-se em novelas da Rede Globo como Água Viva, Mico Preto, O Dono do Mundo, Anjo Mau, O Cravo e a Rosa, Mulheres Apaixonadas e Lado a Lado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: